Escritora processa Padre Marcelo Rossi e Globo e pede 50 milhões em indenização


Nesta quinta-feira (1), o programa A Tarde É Sua, da RedeTV, fez uma revelação sobre o Padre Marcelo Rossi, envolvendo o livro Ágape, lançado pelo religioso em 2010, e que em pouco tempo se tornou best seller no Brasil em diversos países do mundo com mais de 10 milhões de cópias vendidas.
De acordo com Alessandro Lo-Bianco, o livro publicado pela editora Globo usou um texto da escritora Izaura Garcia, feito em 1983 no livro. A profissional chegou a fazer um acordo na época e recebeu 25 mil reais para liberar que sua escrita estivesse em Ágape, o problema é que conforme a repercussão positiva do livro, o texto de Izaura de uma página e meia passou a ser usado por leitores e site estrangeiros especializados em críticas. Além disso, algumas edições do livro não lhe deram os devidos créditos, então a escritora voltou atrás em sua decisão e entrou com uma ação para ser indenizada, pedindo o valor de 50 milhões de reais.
Segundo o repórter, que entrou em contato com os advogados de Izaura, este valor de indenização representa apenas 20% do que Padre Marcelo Rossi e a editora Globo faturaram com as vendagens do livro. O juiz que aceitou analisar e julgar o caso observou que este valor pode ser alterado ainda. 

Alessandro Lo-Bianco também entrou em contato com a assessoria de Padre Marcelo Rossi que não negou a informação, alegando que a escritora assinou este acordo e aceitou o valor oferecido antes do lançamento de Ágape e tudo estaria resolvido. Os advogados da editora Globo, da escritora e até mesmo do Padre irão resolver essa questão na justiça. 

Fonte: MSN Notícias - Postado em 03/11/2018



Copyright 2018 - Todos os Direitos reservados