Cão quase provoca tragédia em bairro de Santo Antônio


Um acidente com bicicleta, provocado por um cão solto pelas ruas do bairro Santa Terezinha, em Santo Antônio da Platina, quase provocou uma tragédia no início da noite do dia 23 de novembro. O caso só foi denunciado ontem (3) por uma das mães, inconformada com o menosprezo de dono do animal, que ao ser procurado para ajudar a família da jovem Mikaele Cristina, de 18 anos, que perdeu três dentes no acidente e teve vários hematomas pelo corpo, ouviu como resposta: “vai procurar o SUS”.


Mikaele Cristina, de 18 anos, sofreu lesões graves no rosto e vários hematomas pelo corpo (Arquivo da família)
O dono do cão, que não foi identificado na denúncia, mora no mesmo bairro e é casado com uma servidora municipal que trabalha numa creche municipal e na escola agrícola.
A mais inconformada é Sandra Mara Batista, mãe da criança, que apresenta hematomas na face e ferimentos na cabeça. Já a jovem Mikaele foi quem sofreu as maiores consequências, com três dentes quebrados e graves ferimentos no rosto, ela necessita de uma radiografia de face para dimensionar a gravidade das lesões.
A denunciante conta que procurou o dono do cachorro para ajudar nas despesas dos exames, mas ele agiu com absoluta indiferença, mandando que a família da jovem fosse procurar a previdência social. “Ele agiu com absoluto menosprezo, como se não tratasse de dois seres humanos”, desabafou Sandra Mara.
Ela conta que a filha e a amiga andavam de bicicleta pelas ruas do bairro quando o animal escapou do quintal e avançou sobre as meninas. Desesperada, Mikaele teria perdido o controle da bicicleta, caído na pista levando consigo a garotinha de 7 anos.
Levadas ao Pronto Socorro Municipal, a mãe diz que as vitimas permaneceram em observação por cerca de oito horas, mas no período não teria sido realizado qualquer exame para identificar a gravidade da ocorrência e a possibilidade de alguma fratura. Só agora Mikaele, que teve mais lesões, fará radiografia para identificar eventuais fraturas na face.

Inconformada com a situação, Sandra Mara Batista procurou a Delegacia de Polícia na manhã de ontem e registrou Boletim de Ocorrência. 

Fonte: tribuna do vale - Postado em 03/12/2018



Copyright 2018 - Todos os Direitos reservados