Avião da Força Aérea do Chile desaparece com 38 pessoas a bordo


Uma aeronave C130 da Força Aérea do Chile com 38 pessoas a bordo desapareceu nesta segunda-feira depois de decolar da cidade de Punta Arenas, no sul do país, com destino a uma base na Antártica.

A Força Aérea do Chile emitiu uma nota no início de hoje declarando que após 7 horas sem contato com a tripulação a aeronave "é considerada destruída". O comunicado diz ainda que continuam as buscas para resgatar possíveis sobreviventes, além de estar em contato com as famílias dos ocupantes da aeronave.

Comunicado de Prensa N° 2 #FACh pic.twitter.com/aCJqLxENZT
-- Fuerza Aérea de Chile (@FACh_Chile) December 10, 2019
A informação foi divulgada pela Força Aérea chilena em comunicado oficial.
Comunicado de Prensa #FACh pic.twitter.com/Jfc1Oo9e1w
-- Fuerza Aérea de Chile (@FACh_Chile) December 10, 2019
O avião, segundo a nota, saiu da base aérea de Chabunco às 16h55 e partia para a base Presidente Eduardo Frei Montalva, na Antártica, perdendo contato às 18h13.
O C 130 voava à Antártica para cumprir tarefas de apoio logístico. A equipe a bordo faria a revisão de um oleoduto flutuante e participaria de uma ação para o tratamento anticorrosivo das instalações chilenas localizadas na região.
Das 38 pessoas a bordo, 17 são tripulantes e 21 são passageiros. A lista com os nomes de quem está no avião foi divulgada após contato com todas as famílias.
Comunicado de Prensa N°3 #FACh pic.twitter.com/nHphPz9t6C
-- Fuerza Aérea de Chile (@FACh_Chile) December 10, 2019
Identificada a perda de comunicação, a Força Aérea chilena imediatamente acionou as bases aéreas da região de Magalhães, no sul do Chile, e da capital Santiago, mobilizando equipes de busca e socorro.

Fonte: Uol - Postado em 10/12/2019



Copyright 2020 - Todos os Direitos reservados