Popular na Netflix, filme "365 Days" é detonado pela crítica


"365 Days" (365 DNI), o filme mais visto da Netflix na última semana, ganhou a atenção do  público e da clítica. Enquanto muitos usuários da plataforma elogiaram o que seria um “50 Tons de Cinza polonês”, a trama recebeu uma enxurrada de comentários negativos da crítica, o que prova que um filme pode se sair bem comercialmente, mesmo não agradando os críticos.

Ainda há poucas críticas publicadas sobre 365 Days (365 DNI), mas cada uma delas é negativa, a tal ponto que o filme acumula o temido 0% de aprovação no Rotten Tomatoes, algo difícil de se conseguir. São apenas sete críticas, portanto isso pode acabar mudando com o tempo, mas todas as sete análises do filme da Netflix estão destruindo o filme.
A nota da audiência no RT também não segue muito alta, com aprovação de 29%, o que indica que muitas pessoas estão vendo o filme, mas a maioria não está gostando.
Baseado no livro de Blanka Lipinska, 365 Days (365 DNI) é descrito como a resposta polonesa ao hit que 50 Tons de Cinza virou no país europeu. A trama segue a jovem Laura, que está de férias na Itália. Porém, tudo sai errado e ela é sequestrada na Sicília.
Massimo, o sequestrador, é o jovem líder da máfia italiana. Ele tenta fazer Laura se apaixonar por ele em 365 dias – por isso o nome do filme da Netflix, 365 Days (365 DNI). Anna-Maria Sieklucka vive Laura no filme da Netflix. O mafioso é interpretado por Michele Morrone.
Alguns internautas e críticos descreveram o filme como “machista” e disseram que a trama foca em um “relacionamento abusivo“. Ainda falaram sobre violência doméstica e feminicídio.

Fonte: Site MSN - Postado em 19/06/2020



Copyright 2020 - Todos os Direitos reservados