Morte de criança por afogamento comove população de Quatiguá


Quatiguá amanheceu literalmentte cinza nesta terça-feira. O luto pela morte de um menino de nove anos que caiu de um cavalo dentro de uma represa na tarde de segunda-feira (11) abalou a todos e até mesmo quem não conhecia o menino se sensibilizou com a trágédia que levou a vida do garoto. 
O menino morreu afogado após cair em uma represa no final da tarde de segunda-feira (10), na área rural de Quatiguá. Por volta das 14h, Kauã Vinicius de Lima Vieira cavalgava em uma propriedade no Bairro Água da Peroba junto com um primo, de 13 anos. Os garotos revezavam o animal para passear no sítio, porém quando Kauã foi cavalgar, o animal disparou, entrando em uma represa, momento em que caiu e acabou se afogando. O primo, que não sabia nadar, saiu correndo em busca de socorro chamando seus pais, que estavam em uma casa próxima ao local dos fatos, mas ao chegarem, a criança já estava submersa em um local profundo da represa.
Familiares buscaram a PM de Quatiguá, que acionou os bombeiros.
O Corpo de Bombeiros chegou ao local para realizar o resgate e após duas horas encontrou  Kauã no fundo da represa, sem vida. A Polícia Militar de Quatiguá acompanhou a ocorrência dando todo o suporte aos agentes e familiares.
O Instituto Médico Legal de Jacarezinho foi chamado, realizou os trabalhos e nesta terça-feira liberou o corpo do menino para Casa Mortuária de Quatiguá, onde ele será velado a partir de 12h30. O sepultamento será às 15hs.
Segundo informações de familiares de Kauã, ele passava férias nesta propriedade e era neto de um comerciante da cidade de Quatiguá, conhecido como "Lima". Os pais de Kauã, moradores em Curitiba vieram para Quatiguá assim que souberam da fatalidade. O garoto sabia andar a cavalo e não era a primeira vez que estava visitando o sítio.

 

Fonte: Simone Chiusoli - foto: Facebook - Postado em 11/01/2022



Copyright 2022 - Todos os Direitos reservados