TRE-PR vai sediar 1º teste em campo dos sistemas de totalização e ecossistema da urna eletrônica de 2022


O primeiro teste em campo dos sistemas de totalização e ecossistema da urna eletrônica de 2022, promovido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), será realizado na sede do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), em Curitiba.
O teste ocorrerá dos dias 20 a 24 de junho, das 9h às 18h.
A finalidade é testar a integração dos sistemas e identificar possíveis erros, para que sejam corrigidos antes das versões oficiais.
Conforme o TRE, são testados vários cenários de todos os sistemas envolvidos na eleição. Depois desses testes, os erros identificados são corrigidos para a lacração dos sistemas.
Aproximadamente 100 pessoas vão participar dos testes presencialmente, entre técnicos e analistas de Tecnologia da Informação. São equipes do TSE e também de outros TREs.
De acordo com o presidente da Justiça Eleitoral do Paraná, desembargador Wellington Emanuel Coimbra de Moura, o TRE-PR há mais de uma década sedia os testes de campo dos sistemas que serão utilizados nas eleições.
"Os testes exercitam a integração com outros sistemas do processo eleitoral, tais como julgamento, atualização e divulgação de registro de candidaturas, voto em trânsito em todas as suas modalidades e processamento de justificativa e faltosos. Os testes são importantíssimos e têm como objetivo principal a homologação dos sistemas eleitorais relativos à totalização e divulgação dos resultados das eleições, preparação e carga de urna e votação", disse Moura.
Para as eleições 2022, o TRE-PR conta com 29.947 urnas eletrônicas disponíveis. O novo modelo, de 2020, representa 12.221 equipamentos desse total.

Fonte: G1 - Foto: Divulgação TRE-PR - Postado em 19/06/2022



Copyright 2022 - Todos os Direitos reservados